A escola dos meus sonhos para meu filho...parte 2

Eu acredito que existe mães como eu, mas também existem as mães não tão ligadas na educação infantil assim, mas se aceitam uma sugestão se liguem rapidamente o futuro do seu filho vai depender das suas escolhas.

Parece dramático mas não é.

Quando comecei a procurar uma escolinha, fiz uma planilha com endereço, método de ensino, aulas extras, valor de mensalidade e custos adicionais.

Nesta minha caminhada levei meu moleque comigo, procurei ir em escolas com vários tipos de metodologia e sistemas de aprendizagem. Nunca marquei horário, chegava pedia informações, conhecia o lugar, o material didático e deixava meu moleque explorar o lugar. Na última coluna da minha planilha colocava a impressão que o meu filho teve da escola, a minha impressão e os prós e contras das instituições tais como distância, infra estrutura e etc.

Loucura demais para vocês?


Sabe que não é, a personalidade das crianças começa a ser desenvolvida nesta época e pode não parecer mas a escola que você escolheu para seu filho(a) vai influenciar no seu comportamento e aprendizagem, as crianças não aprendem da mesma forma.

 Estas escolhas podem ser feitas também em escolas públicas vim saber disso depois, visitem as escolas, vejam a infraestrutura o grau de estresse das professoras, se tem muitas afastadas ou não, conversem com os pais que já tem filhos lá.

Tem escolas públicas como uma em Barueri em SP que são melhores do que  muito colégio pago por aqui, tudo depende da administração (diretoria).  Muitos diretores da rede pública tem formação em história, educação física, geografia e muito raramente são pedagogos ou psicopedagogos, formados em gestão escolar ou gestão pública, eu ainda não vi.(http://www.redebrasilatual.com.br/jornais/barueri/ideb-barueri-tem-a-melhor-escola-publica)


Descobri que a gente não precisa colocar o filho na escola pública mais perto da residência, você pode escolher outros lugares fazer inscrição na escola da sua preferência e depois pedir o transporte gratuito da Prefeitura de SP, em alguns casos até vale a pena.

Quando se escolhe uma escola particular, você deve ser mais criterioso já que esta pagando e não é barato, veja bem, quando digo que esta pagando e deve escolher melhor, não é para ficar exigindo porque esta pagando e nem deve se quer pronunciar isto perto do seu filho, se a escola não esta sendo boa para seu filho foi você que não escolheu bem.
Acredito que as escolas não devem se ambientar a seu filho e sim ele a escola, então a importância e coerência na escolha da escola é imprescindível.

A estrutura agradou? A criança se sentiu bem na visita a escola?

Vamos para a parte mais importante, qual é o método de ensino da escola?

Na revista crescer esta bem explicado cada sistema escolar. Segue link da matéria

http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI1841-15068,00.html

Tradicional
Ela ganhou o mundo no século 18 com um objetivo importante: universalizar o acesso ao conhecimento. Essas escolas privilegiam a transmissão do conteúdo, pelas "mãos" do professor, mesmo que já incluam meios como computadores. Nesse modelo, tende a rigidez em relação à disciplina, forma utilizada para conseguir passar idêntico conteúdo a diferentes tipos de criança. Há grande preocupação com o vestibular.

Construtivista
Desenvolvida pelo filósofo Jean Piaget, a teoria de aprendizagem não é um método, mas uma concepção de ensino. Propõe que todo aluno seja capaz de construir seu conhecimento. Leva em conta, assim, o conhecimento que a criança traz consigo. Uma das alunas de Piaget, Emilia Ferrero, ampliou a teoria para o campo da leitura e da escrita e defende o conceito de que a criança consegue se alfabetizar sozinha desde que esteja num ambiente com letras e textos. O professor, aí, tem o papel de mediador. É como se fosse o "tradutor" para o saber ansiado pela criança.

Montessoriana No método desenvolvido pela italiana Maria Montessori, no início do século 20, as crianças são identificadas pelas características e possibilidades. Assim, no processo de aprendizagem, cabe ao educador remover obstáculos ou propor atividades motoras ou sensoriais pela arte, música e ciência. Segundo a teoria, a criança deve, ainda, ser incentivada a desenvolver um senso de responsabilidade pelo aprendizado.

Pedagogia Waldorf
Surgiu em 1919, com o filósofo alemão Rudolf Steiner. O método tem base principal nas atividades motoras da criança, sempre preferindo o uso de pedaços de madeira que se transformem em brinquedos aos industrializados. Os alunos são divididos em grupos e permanecem juntos por sete anos, sendo seguidos nesse ciclo pelo mesmo professor, chamado de "tutor". Não alfabetiza antes dos 7 anos. Essas escolas esperam dos pais uma sintonia completa com a filosofia da escola.

Democrática
Apareceram nos anos 20 e têm como a mais famosa a inglesa Summerhill. Mas, como prezam o conceito democrático, há diferenças entre elas. O termo vem em oposição ao "compulsório": as crianças têm os conteúdos importantes para sua formação, mas sem obrigação de carga horária por aula. A ideia fundamental é a liberdade de escolha dos alunos. Matemática, por exemplo, pode ser aprendida ao entender como se monta uma bicicleta e essa "lição" pode ter sido sugerida pelo aluno.

Tem também um  método de ensino que não foi comentado na matéria da revista que é:

Instrumentalismo.
Baseia-se na  inteligência usada como um instrumento,  dá ênfase a resolução dos problemas e ciência aplicada. É focada nas disciplinas filosóficas e humanas.

Conheceu os métodos?

Agora reflita como é o jeito do seu filho, quais são seus pontos fortes e os pontos que você deseja que a escola ajude a desenvolver no seu filho.

Como você acha que ele aprende melhor?

Encaixe isso tudo no sistema utilizado e quanto você esta disposto a pagar por tudo isso. Difícil né?

Vídeo aula que pode ajudar na escolha da melhor escola
http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/infografico/a-escolha-da-escola-36146.html

Não é não, precisamos de paciência e muita procura e se mesmo assim você achar que errou na escolha da escola?

Você tem um ano para começar a sua procura. Não é aconselhável tirar a criança já adaptada da escola, espero o término do ano letivo se possível, mas se achar que o dano será grande, converse com a criança ou você acha que elas não entendem...

Pode ter certeza ela entende, não os detalhes mas o essencial...deixe que ela participe desta decisão.

Breve mais um post sobre a escolha da escola dos meu sonhos.

Até mais

Mãe de moleque
 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.