Os por menores da maternidade...

Engraçado ou no mínimo curioso o que está acontecendo com as mães. Não é um fenômeno brasileiro e sim mundial...a tendência das mães em procurar suas dúvidas e incertezas na internet.
 
Conversando com as "zamigas" vizinhas minhas no bairro, senhorinhas com filhos e até as que não quiseram tê-los sobre como estão as mães hoje em dia. Elas se surpreenderam quando disse que tudo tem na internet... até a famosa fofoca, brigas tudo se vê por aqui nesta telinha mágica.
 
Ai em contrapartida elas me disseram o que achavam disso tudo aqui.
 
Algumas já estão informatizadas, tem até facebook e acompanham toda esta nossa evolução materna, mas dizem nada substitui a experiência real de uma mãe real, o carinho e um amparo verdadeiro de uma amiga e no nosso caso vizinhas.
 
O que elas perceberam e eu também que estamos tão automatizadas e autônomas, que vamos para atrás dos computadores nos esconder, fuçar na vida alheia saber como as "outras" mães fazem. Mas elas me perguntaram na simplicidade real da vida...
 
Mas aquela pessoa que esta escrevendo é mãe mesmo? Será que é médico? Será que ela faz tudo aquilo que escreve?
 
Não sei, respondi.
 
Elas me disseram que o problema das mães de hoje em dia é a falta de confiança em si própria e nos outros, falta de amigas "reais" (de carne e osso), falta de olho no olho. Elas acreditam que as mães estão muito preocupadas em serem perfeitas e em não errar, procuram então manuais na internet em como serem mães perfeitas ... e se frustram.
 
Se a mãe, ou algum parente fala sobre a maternidade ninguém ouve mais é considerado intromissão e quem vai ouvir pessoas antiquadas... o mundo parou pra elas, será?
 
Fiz algumas amizades virtuais que confesso adoraria que fossem reais como as "zamigas" daqui!!!
 
Ouço sobre como era com os filhos delas, ganho panos de pratos bordados com carinho, elas acompanham o crescimento do moleque, as minhas aflições com a educação dele falam, dão pitaco e eu... A-DO-RO!!!
 
Passo horas em pé com elas em frente de casa mesmo conversando e jogando conversa fora e sim elas sabem de tudo o que esta acontecendo e sabem de todos também, tem fofoca também... mas de nós mesmas, os problemas com o maridos, as reformas em casa intermináveis, os nossos cachorros.
 
Se eu pudesse recomendar algo para as mães hoje...façam amizades com suas vizinhas, saiam do bom dia, boa tarde e boa noite no elevador não se escodam atrás de computadores, tem uma vida bem interessante e real atrás delas sabiam?
 
Meu marido fala que sou curva de rio rsrsrsrs, se estou na fila sempre vem uma senhorinha ou senhor puxar conversa, se vou no médico a sala de espera é um prato cheio rsrsrs e eu converso mesmo, troco experiências valiosíssimas e faço amizades reais!
 
Pra falar a verdade gosto de primeiro conhecer a pessoa e depois perguntar se ela tem face é lógico rsrsrs e inegável a internet aproxima, mas ao mesmo tempo afasta...nos afasta do olhar sincero, das festas, dos bate-papos.
 
No final elas me falaram assim...
 
Que elas também tinham inseguranças e incertezas na maternagem, mas não as resolviam em livros de autoajuda materna, muito menos em blogs, faces, instagrans, twitters e afins da vida moderna. O que elas ouviam eram as mães, as "zamigas" e por fim a mais utilizada a "intuição" de mãe e elas garantem, não falha!
 
Mostrei a elas vários blogs...ouvi comentários confesso hilários!!!
 
A moda de fazer carinha na comida dos filhos, elas acharam lindo...mas o comentário veio:
 
Que crianças comem Nutella com peito de peru rsrsrs, criança tem que comer a comida que a mãe faz e fruta lavada esse negócio de ficar picando a fruta pra criança  não é bom, depois a criança vê uma carambola no mercado e não sabe o que é rsrsrs
 
E as nossas eternas brigas sobre o tipo de parto, amamentação, chupetas e mamadeiras?
 
Ai filha disseram: 
 
O importante é nascer bem, mamar na mãe se tiver leite se não usa o artifício que puder, só a mãe sabe o que é uma criança berrando no ouvido e a gente erra e acerta, a maternidade é isso erros e acertos como a vida é.
 
É verdade, é simples...pra que complicar?
 
Abraços
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.