Retratos de mãe...

Caramba primeira constatação o tempo passa e é implacável, cá estamos aguardando a comemoração do nosso sétimo dia das mães como mãe e como filha meu quadragésimo dias das mães rsrs abafa né.



Primeiro confesso nunca tive pretensão em ser mãe, mas quando desejei isso aaahhhhhhh eu desejei com toda intensidade do meu coração e me preparei, li , comecei a prestar mais atenção em como era a maternagem de amigas próximas e também julguei muitas coisas, umas caíram na testa outras nem passaram perto.

Não sou mãe somente aos segundo domingos do mês de maio, sou mãe o ano inteiro, mas acho legal separar um dia especial para dizerem o quanto somos especiais. Ao contrário de muitas mães sou prática e adoro coisas que facilitem meu dia a dia, coisas de casa mesmo não me importo nem um pouco em ganhá-las. Amélia eu?

Sim sou e com orgulho, adoro minha casa, adoro limpar deixar as coisas organizadas por aqui e ganhar um beijo do marido e do filho em agradecimento por cuidar de tudo me satisfaz. Adoro vê-lo chegar feliz da escola me dar uma beijo e um abraço apertado dizendo : "Mamãe meu quarto esta lindo e cheiroso", alguns dizem que não é um trabalho valorizado por aqui é (ganho até massagem nos pés depois de um dia cansativo de labuta )talvez por isso faço com alegria e amor <3 
E quando esta de férias faz questão de me ajudar, tem coisas que a gente ensina para os filhos e só vai ver resultado quando eles crescem, mas tem coisas que posso dizer já estou colhendo agora e isso sim me envaidecesse como mãe, os resultados da minha dedicação, da minha orientação, dos meus valores repassados.
Apesar de me paparicar toda vez que limpo a casa, fiz questão de ensiná-lo a fazer as coisas por aqui também e ele faz muito bem.Então antes que venham as mães feministas me dizerem que por causa de mães como eu que existem homens machistas e que não dão valor as mulheres e tals eu digo, eu ensinei sim a fazer e a da valor ao que faço, não acredita? Tá aí...



Quando o velho poeta dizia Amélia era mulher de verdade e não tinha a menor vaidade, não entendo como a maioria das mulheres. Entendo vaidade como característica daquilo que é vão sem conteúdo pois então não tenho vaidade não, eu tenho conteúdo sim e muito, às vezes em exagero rrsrsrs, vaidade no sentido de se cuidar tenho também e se não tivesse o marido e o moleque cobram mesmo, mãe e mulher sim ....e sempre linda também!

Bom agora sou mãe, diplomada no meu filho e é o que cada mãe é.

Não...não adianta se achar mais que isso, expert em maternagem, a mais experta mãe e blogueira do Brasil reconhecida como uma mãe que tem mais voz entre as outras mães, mas se ficar com o filho difícil de qualquer uma das suas leitoras vai ver que o único filho que você entende, é o seu e só o seu filho que você pode ajudar e de mais ninguém, talvez no máximo o que você faz é o que a sua mãe, a sogra, a vizinha e a tia faz.... é dar pitaco, porque só dentro de cada lar é que estão as verdadeiras mães, e o que acontece dentro de quatro paredes é a mãe real.

A mãe pintada nas redes sociais é surreal, não erra, é ética, é feliz, tem um casamento perfeito, filhos lindos. Mas você deve ter cruzado com ela na rua e provavelmente não a reconheceu rsrrs por que estava chamando aos berros o filho pelo corredor, ou estava toda desarrumada numa feira, ou estava discutindo em um restaurante qualquer com o marido perfeito rsrsrs, gente a minha realidade é a sua.

Meu filho, não é bonzinho o tempo todo e às vezes até fiquei com vergonha de chamar de moleque um menino que de molecagem faz tão pouco rsrss, mas quando erra também sai de baixo, por que é uma criança que ninguém espera que erre e nem nós ...então nem tudo que reluz é ouro. 


Temos brigas entraves como todas vocês, somos normais apenas escrevemos sobre maternagem, eu pelo menos escrevo o que eu vivo, não quero que você viva igual, mas meu anseio é que tire algo de proveitoso nesta minha aventura em educar um menino nesta megalópole e se conseguir ser constante e tentar colocar em prática tudo em que você acredita ganharei meu dia.

Meu desejo hoje é que todas vocês tenham no próximo domingo dia das mães o que eu quero pra mim, um almoço tranquilo preparado com carinho pelo marido ou por você mesma, que estejam com sua família e que ganhem um beijo gostoso e um abraço de urso do filhote e um daqueles trabalhos de escola que é o presente que eu mais gosto, não quero um dia de comercial de margarina, da Renner ou qualquer outro que vem emocionando pelas redes. 

Quero um dia lindo de domingo, tranquilo e normal , porque de loucura já bastam todo o restante do ano :)

Abraços +Mãe de Moleque 



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.