Desenhos que ensinam...


Não gosto muito de assistir desenho, é até esquisito ouvir isso de uma mãe, mas é verdade já não gostava nem quando era pequena.

Por exemplo, sempre achei o Pica-Pau mau, é sério. Para mim ele só ensina coisa errada, maltrata todos os personagens tem até um estudo de um psiquiatra relatando esta influência “negativa” no comportamento das crianças que assistem, mas essa é a minha opinião. Sei que tem muita gente que gosta e não vê maldade.

Ainda tem o "Tom e Jerry",' Ligeirinho" e o "Chaves", que é uma criança de rua que é maltradado por todos e por ai vai...

Notinha: Matéria interessante sobre esse assunto http://www2.uol.com.br/aprendiz/n_noticias/satelite/id180402.htm

Mas a Disney vem superando as minhas expectativas e tem me feito parar para assistir seus desenhos.

Desenhos que ensinamO primeiro que me chamou atenção foi Toy Story, um desenho sob a ótica de um brinquedo foi sensacional, gostei de todos e pude acompanhar o crescimento do Andy como se fosse o crescimento do meu moleque e vi que o amor pelos brinquedos e pela família o transformou em um menino de bem.



Depois assisti o “Procurando Nemo”, a história é envolvente. Um peixinho deficiente já que as suas nadadeiras tem tamanhos diferentes o que causa certa dificuldade para que ele nade, mas isso não o impediu de ser um peixinho corajoso e forte, uma lição de vida.

O pai então numa busca frenética pelo seu filho, além de achá-lo cresceu emocionalmente. É muito parecido com a gente na angústia de proteger a nossa cria erramos... e feio, mas, nada impede que possamos alterar isso e crescermos também.

Depois assisti ao filme “Carros”, me apaixonei. O Mac Queen é como aqueles rapazes que se “acham o tal” e não percebe o quanto isso os afasta das pessoas e do que realmente importa e nada como levar um “tranco” para rever os seus conceitos.

 
 
Enfim o que gostaria de alertar aos pais, e que assistam os desenhos que seus filhos estão vendo, veja a mensagem que estes desenhos estão passando se são boas ou não isso pode e vai interferir em como seu filho enxerga as coisas ao seu redor e ajuda a definir o que é certo e o que é errado e formar seu caráter.

Pensem nisso, até mais.

Mãe de moleque

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...