Conversando com outras blogueiras

Oi pessoal tudo certinho?

Sabem que eu gosto de falar de educação e em como seria a escola dos sonhos para meu filho e aqui já contei várias vezes a minha saga em busca deste local ideal, sei que ele existe e eu vou encontrar!

Mas fiquei curiosa em saber das #zamigas virtuais como seria a escola dos sonhos para os filhos delas e vou adorar saber de vocês também como seria a escola dos sonhos para os filhos de vocês!

Bjs+Mãe de Moleque






A Michele é do Espaço das Mamães é a mãe de um moleque lindo o Gui...
 
Bom quando se trata de algo para nossos filhos, sempre desejamos a melhor, independente do que seja, mas quando se trata de escola, acho que esse desejo fala mais alto ainda, pois é nela que passaram bom tempo do dia e da sua vida nela, é lá junto com nós pais eles cresceram , e aprenderam muitas coisas.
 
Quando fui colocar o Gui na escola, fui atrás de um lugar aonde fosse uma extensão de casa, aonde ele pudesse se sentir bem, seguro, aonde pudesse aprender e vivenciar novas experiências, um lugar que agregasse muito a ele, aonde lá ele encontrasse pessoas que chegasse para contribuir na formação dele (mas lembrando que a maior e principal responsável por isso somos nós os pais).
Queria uma escola aonde ele pudesse aprender de uma forma leve e saudável, que tenha suas responsabilidades mas que não esquecessem que são crianças, que ele pegue gosto pelos estudos e que isso não fosse um fardo, que sentisse prazer em ir para lá e aprender algo novo, explorar sua imaginação, que além de professoras, coordenadoras, cozinheiras, e os mais funcionários que lá estiverem sejam mais que isso, sejam amigos, pessoas que ele possa confiar e sentir que estão em um lugar aonde todos se respeitam, se escutem, se ajudem. Que o ambiente seja saudável, alegre e respeitoso, e que juntos (pais e escola) possamos caminhar juntos pra um futuro mais promissor a eles.
Conheça o Blog Espaço das Mamães aonde você encontra um pouco mais sobre o nosso universo materno, com dicas de passeios, receitas, brincadeiras, jogos.
 

Esta é a Gislene do blog Sou Mãe, mãe de uma Isabela linda de 1 ano e 5meses <3...

Minha filha tem 1 ano e 4 meses e lógico que temos muitos sonhos relacionados a educação dela, hoje ela faz musicalização e natação. Esperamos que continue fazendo atividades extras, mas conforme ela for crescendo ela mesma poderá escolher quais fazer. 
 Fora isso tem a escola, que pretendo colocar ela quando ela estiver com 4 anos. Antes de ficar grávida eu já tinha na minha mente em qual escola colocaria meus filhos, é uma escola particular, próxima da nossa casa. É a escola perfeita? Com certeza não, nada é perfeito nesse mundo, afinal as pessoas não são perfeitas, mas entre as possibilidades acho que é uma escola que se enquadra bem no estilo de vida que temos e que queremos para nossa filha.
Escola dos sonhos? Onde ela possa fazer muitos amigos, ser querida, respeitada, com professores dedicados e criativos. Uma escola sem violência e sem preconceito. É pedir demais?

Sobre o blog: Nele você encontrar várias dicas de decoração de festas infantis, quartos, chá de bebê, moda infantil e muitas dicas para gestantes e mães. 
 
A Dani do blog Mamãe Aprendiz é a mãe da linda Mariana...

Alguns meses antes de voltar da licença maternidade, eu precisava achar um lugar que eu confiasse para deixar minha  bebê. Passei por muitas e muitas escolas com berçário. Algumas mais simples, outras mais chiques, algumas muito caras que eu não poderia pagar, e obviamente foram descartadas.

Na última que visitei, eu gostei bastante das instalações, do método que eles usavam, a diretora me passou muita segurança, mas teve algo que realmente me tocou nessa escola. Quando entrei no berçário, a professora se apresentou e pediu para pegar a Mariana do meu colo. Achei fofo da parte dela, e gostei que a Mari foi com ela sem dificuldades. Enquanto eu ouvia as explicações sobre as instalações e regras do lugar, eu vi a professora dando um beijinho na testa da minha filha. Naquele momento, eu tomei a decisão de que aquele seria o lugar escolhido. Foi algo tão simples, ela nem viu que eu estava olhando, mas aquilo acalmou o meu coração de mãe que estava sofrendo por voltar ao trabalho e deixar minha bebê com estranhos. Eu senti com aquele sinal de carinho, que ela seria recebida com amor, estaria com alguém que ama verdadeiramente o que faz e não seria simplesmente “mais uma”. A escola dos sonhos para mim precisa ter brinquedos para cada idade, uma boa biblioteca, uma ótima estrutura, uma boa linha pedagógica, espaço físico adequado, higiene, alimentação saudável, pois tudo isso é importantíssimo e a primeira coisa que devemos buscar numa escola. Mas o carinho da equipe que estará cuidando de nossas crianças, professoras que amam o que fazem e são valorizadas por seu trabalho, amor e carinho também devem estar na nossa lista de prioridades, pois são essenciais!
Mamãe Aprendiz é um blog para mamães de primeira viagem, com dicas para mamães, gestantes e tentantes, buscando facilitar nossa vida!


 

 
  A Raquel é do Blog Eu dona de casa é mãe de duas meninas lindas a Luisa de 3 anos e a Laís de 3 meses...
Toda mãe entra num certo dilema na hora de procurar uma escola para o filho. Queremos a escola perfeita, uma vez que na maioria das vezes a escola é o lugar em que nossos filhos passa a maior parte do tempo.
Sabemos que uma escola perfeita não existe, mas podemos procurar aquela que mais se assemelha ao nosso modelo de perfeição.
A escola dos sonhos para as minhas filhas é um lugar onde a individualidade delas fosse respeitadas. Cada criança tem um ritmo e se desenvolve diferente da outra. 
Sonho com uma escola onde posso deixar minhas filhas e saber que estarão seguras e estarão bem no final do período.
Um lugar respeitoso, limpo e gostoso onde elas pudessem brincar, estudar, aprender, crescer... um lugar que fosse a extensão da nossa casa, onde fosse estimulado o respeito pelo próximo, o amor pela natureza.
Uma escola em que fosse estimulado a sua civilidade, pelo civismo e o amor pelo seu país.
Uma escola em que, independentemente do método de ensino, elas pudessem aprender e se sentirem estimuladas a sempre procurarem o conhecimento.
O mais importante de tudo seria a garantia de que nossos filhos estivessem tendo um ensino de qualidade, preparando-os para a vida.
O Eu, dona de casa está no ar desde 2010. Desde então, eu venho tratando de assuntos do meu cotidiano relacionados ao universo feminino: dicas para donas de casa, maternidade, atividades domésticas, culinária, cultura… tudo na visão de uma mulher comum igual a você.'
 

A Verônica é do blog Pipocas em Aquarela é a mãe da apaixonante Yasmim...
A escola dos sonhos para minha filha seria aquela toda voltada ao Método Educacional Montessori, que foi desenvolvido na Itália por Maria Montessori e tem como principal característica o uso de atividades motoras e sensoriais (quando ainda na fase bebê). Todo o Método Montessori é baseado em anos de observação da natureza da criança, e tem uma aplicabilidade universal. O interessante é que a criança aprende a fazer algo…fazendo, e em cada etapa do crescimento mental são proporcionadas atividades correspondentes a sua idade.
Os princípios fundamentais do Método são: a atividade, a individualidade e a liberdade. O Método de Maria Montessori tem um papel de extrema importância na educação de bebês e crianças, pois pressupõe a compreensão das coisas a partir delas mesmas, pena que no Brasil ele não é tão utilizado por ser caro e depender de profissionais com capacitação específica ao método e são ainda poucos por aqui.
Pipocas em Aquarela a maternidade com mais cor e tranquilidade!
Bjs Verônica +Pipocas em Aquarela  



A Flavia além do blog Blog: Ah Manhê!!!! Um blog sobre filhos da mãe é escritora seu livro é Gravidez Crônica (que vou ganhar no dia do meu aniversário rsrsrs né Flavia) é mãe da Dona Miúda tem 4, Sr. Cabeça de Bolinha 7 e Pacotinho 12 anos <3

Curiosamente tenho falado muito sobre educação. Nunca estive plenamente satisfeita quando meus filhos todos estudavam em escola particular e agora com dois na escola pública, também não estou. No caso da escola particular, minha insatisfação nem dizia respeito a escola propriamente dito, mas à nossa falta de dinheiro. É uma escola que propõe atividades diversas ao longo do ano, feira de talentos, de ciências, passeios, festas disso e daquilo, então não deixávamos apenas o dinheiro da mensalidade. Deixávamos a carteira quase toda na escola e essa exigência com o passar dos anos e a multiplicação das crianças em casa, acabou por pesar na nossa decisão de tirá-los da escola particular. A gente ficava de coração partido quando nossos meninos não podiam participar das atividades. Quem passa por isso agora é minha mais nova, a única que restou matriculada e que ensaia mas nunca estreia.
Já os garotos, têm atividades extracurriculares não pagas, passeios e cursos patrocinados pelo município, no entanto, o que pesa é a defasagem no ensino. A diferença é realmente gritante e acaba por deixar meus meninos desmotivados, achando que já sabem tudo. Então, a escola dos meus sonhos seria integral, para começar. Teria um ensino forte, gratuito e os estimularia a pensar fora da caixinha; teria 3 refeições por dia e em um dos turnos, ensinaria as matérias de praxe; teria computador ao invés de cadernos na mesa deles; na outra metade do período teria, atividades esportivas, ensinaria 3 idiomas, sendo 2 obrigatórios, teria salinha de estudos para que fizessem as tarefas do dia e exercitassem autonomia e responsabilidade; com passeios quinzenais, para aulas práticas. Com tamanha gama de novidades, mesmo dentro de uma rotina, as crianças sentiriam falta da escola, porque seria um ambiente agradável, estimulante, que os fariam sentir saudade dos amigos, do ambiente e do conhecimento. Certamente seriam adultos com capacidade para retribuir o melhor para o nosso país.
Crônicas sobre maternidade, filhos, educação, comportamento e lazer, reunidos numa ótica bem humorada.
A Daiane do blog De mãe pra mães e a mãe de um moleque  lindão Artur de 3 anos...
Bom o tema dessa semana me agradou muito pois eu já havia parado pra  pensar qual seria a escola dos sonhos pro meu Arthur, e pra eu seria uma escola onde o aluno é preparado para ser um cidadão, e não para fazer as provas e passar de ano, sem saber como se comportar nas situações mais simples do dia-a-dia. É enfatizada a linguagem, como um todo, e na alfabetização, que é a parte mais importante, o aluno é incentivado a ler muito assim que aprende a ler, através da leitura das coisas mais agradáveis, adequadas à sua idade, e não de livros “indicados” por membros da educação “indicados” por algum político, a matemática é ensinada para que o aluno saiba administrar seu próprio dinheiro, saiba se deve comprar com cartão, cheque pré-datado ou à vista, e possa ajudar sua família a cuidar do seu patrimônio e evitar os desperdícios, e não a ser especialista em equação do segundo grau, que não têm utilidade nenhuma.

O trânsito é matéria obrigatória desde o começo da vida escolar, e o aluno jamais vai se tornar um assassino atrás de um volante, nem vai colocar a vida dos outros em risco, pois vai conhecer seus direitos (e os dos outros) e deveres, a história é ensinada para que o aluno possa entender como chegou até aqui, a evolução, a tecnologia, para valorizar os pioneiros que trouxeram benefícios à humanidade em geral, e não aos personagens políticos que dão nome às ruas e avenidas das cidades. 


 

A Nanda é do blog Mamães de duas gatinhas lindas demais Isabelle 10 anos e Gabriele 1 ano...

A escola que quero para minhas filhas vai muito além das convencionais na quais pararam no tempo.

A escola ideal seria aquela que transmitisse ensinamentos que incentivasse a criatividade, a liderança e ser uma pessoa grata pela oportunidade de estar ali aprendendo. 

Em vez de ser o lugar onde se recebem informações, deveria ser um lugar onde as informações são compartilhadas de forma lúdica.

Meu blog Mamãe de Duas é materno, com trocas de experiências e dicas, comportamento e desenvolvimento infantil e com resenhas de produtos. 




A Alê é do blog Da Fertilidade à Maternidade e foi uma das primeiras blogueiras que tive contato desde a criação do blog é  a mãe da Giovana de 6 anos, uma gatinha linda e esperta.

A escolha da escola dos nossos filhos, é uma decisão bem complicada e pessoal, pois cada família tem as suas necessidades e expectativas, buscando o que seria a escola perfeita. Lá em casa mesmo, nós muito pensamos, pesquisamos, comparamos e ponderamos até decidir. 

Hoje, depois da escolha, o que acho ser a escola perfeita, é aquela que, além de ensinar de uma forma leve e lúdica, acolhe à criança, tornando a escola uma extensão da família e um local em que a criança se sente feliz e motivada.

Da Fertilidade à Maternidade, um blog de uma mãe que passou poucas e boas nessa fase que vai da fertilidade à maternidade, ;)."

Bjs
Alê

 

A Adriana do blog Mamães Facilidades e Dicas é a mãe da princesinha Larah  que tem 8 meses

Gostaria que a minha filha estudasse em uma escola na qual o resultado da educação não fosse só a didática das diversas disciplinas maçantes e obrigatórias que temos hoje em dia, gostaria que ela aprendesse também - ou que pelo menos despertasse o interesse - a ser empreendedora, a ser líder, que ela aprendesse a ser ousada e corajosa. Gostaria muito que ela ao concluir cada ano de ensino, passasse a acreditar em um futuro e o ir a escola seja por prazer e não por obrigação.  

O blog dela surgiu  com o objetivo de compartilhar informações e dicas sobre o mundo da maternidade. Conheça o blog Mamães Facilidades e Dicas!

Bjs

Adriana 
 

A Mari do blog Clube da Fraldinha é a mãe do Théo que é a coisinha mais fofa, conheci ela em um encontro de blogueiras este ano...
 

Acredito que a escola tenha que ser uma extensão do nosso lar, onde transmitimos ensinamentos de vida, caráter e educação. Além de um ensino de qualidade a um preço acessível e correto (porque hoje em dia o valor de uma mensalidade em escola privada é um assalto), espero que na escola professoras e funcionárias atuem pregando a igualdade, reprimem formas de repressão, cuidem da integridade psicológica dos alunos, estando presente e pendentes de todos os alunos. Só assim formaremos pessoas seguras e com princípios e valores humanos.
Blog que trata dos mais diferentes e variados temas ligados à gestação e à maternidade de verdade. Falamos de decoração, festas, cuidados, dia-dia, produtos, comportamento, educação, higiene, lazer e muito mais. Entrevistas com mães famosas, programação infantil, dicas de viagens e colunas profissionais são nossos destaques. Conheça o Clube da Fraldinha!
Bjs
Mari Visconti

 
A Ariane é do blog 20 minutos pra tudo é a mãe do Gabriel de 1 ano e 9 meses, nutricionista, dona de casa e agora Blogueira =)

A escola ideal para meu filho tem uma grande área ao ar livre, onde as crianças teriam contato com a natureza, aprenderiam a plantar e colher, a respeitar e amar os animais. Nessa escola, não haveria necessidade de incluir alguma criança com necessidade especial, pois ela já seria tratada como todas as outras. As crianças aprenderiam o respeito ao próximo e que as diferenças entre elas, é que completam e colorem o grupo. Não precisaria me preocupar com bullying, isso não existiria lá. Minha escola ideal, valoriza e desenvolve as habilidades dos alunos, seja para artes, esportes, física, matemática, química, biologia, etc. Nela, os estudantes não são apenas números de matrículas, nem clientes, são realmente alunos.

Nessa escola, se aprenderia de verdade, se estudaria de verdade, seriam criadas "mentes pensantes" que lutariam por um futuro e um país melhor.

E para completar ela seria acessível a toda população brasileira, que tem direito a uma educação de qualidade!

Bjs

Ariane Oliveira

 
 A Priscila é do Blog Mãe sem frescura que a gente já conheceu por aqui, mãe de um moleque lindo e gente boa o Flavio...

Difícil dizer qual a escola dos sonhos para o meu filho, porque como mãe sou bastante criteriosa e nada nesta vida é 100% perfeito. Estamos sempre em busca da melhor alternativa, embora nem sempre a escolhida agrade a todos, porque qualquer ser humano comete erros e uma escola é lotada de gente. Gente que erra, achando que fez da forma correta.
Entretanto, a escola dos sonhos para o meu filho é aquela que oferece ensino de qualidade, atividades extras, infraestrutura, preço acessível, comida saudável e que no momento atenda das 8 às 19h, não feche nas emendas de feriado e tenha curso de férias. Difícil? Muito, porque hoje em dia ainda não temos escolas perfeitas, sempre há alguma questão que não atende ao meu requisito e como trabalho fora tenho que analisar todos esses pontos. Além de tudo isso, precisa ter um atendimento personalizado ao aluno, analisando e incentivando suas habilidades e aptidões, podendo ser por meio intelectual, social ou esportivo. Fazendo com que o aluno supere suas dificuldades com todo o apoio necessário tanto da escola quanto dos pais que precisam trabalhar lado a lado, estando sempre atentos a tudo que é dito ou acontece lá.
Mãe Sem Frescura tem a proposta de ajudar mães de primeira viagem que tem como objetivo educar os filhos de forma moderna e sem frescura, trazendo dicas de maternidade, casamento, brincadeiras, passeios, educação, alimentação e muito mais. Mostrando como é possível ser uma mãe que nunca abdicou de nada por ter um filho, e sim, fez adaptações para que a vida materna tenha a mesma leveza do sorriso de seu(sua) filho(a). Confira e faça parte do blog Mãe Sem Frescura.
 
Então foi isso ...

Beijos

 
 

 

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...