Sobre o compromisso assumido no batismo



Oi pessoal

Faz um tempinho que queria falar sobre este assunto.

Escolhi um amiga querida, blogueira, escritora de livros católicos e mãe de dois a Dani.

Ser padrinho é algo sério e pra vida toda, não é somente quando crianças é pra vida toda e nem pra dar presente é para estar presente.

Em um pais onde a maioria se proclamam católicos, mas poucos sabem realmente como escolher um bom padrinho para os filhos, não façam apenas por amizade a alguém, ou apenas para cumprir suas convicções, façam uma escolha consciente.

E se forem escolhidos como padrinhos, saibam que vcs são importantes para aquela família, se sintam honrados com tamanho do seu significado pra eles e de resto curtam que ser padrinho deve ser bom demais.

Beijos

Arquivo pessoal Daniela

Batismo: a importância da escolha dos padrinhos




Para os católicos, o Batismo é um momento único na vida de seus filhos. É o momento de receber o Espírito Santo, que vai guiá-los na graça de Deus por toda a vida.  Além disso, eles passarão a ser parte do "Corpo Místico de Cristo", e com isso, passam a ser parte da Família de Jesus, sendo, a partir de então, "filhos de Deus"! Sim, é um momento de muita emoção e muitas graças, para os pais que vivem essa fé. 



Existem alguns preparativos para essa data, sendo alguns obrigatórios: 

  • Escolher os padrinhos
  • Marcar, na paróquia, a data do batizado (normalmente, são datas pré-definidas pelo padre);
  • Fazer o Curso de Batismo (pais e padrinhos). 

E os não obrigatórios, mas que nós adoramos:

  • Escolher uma roupinha linda para o momento, preferencialmente branca;
  • Preparar um almoço/festinha para os padrinhos/avós/amigos para comemorar a data. 

Dentre os obrigatórios, quero chamar a atenção para o primeiro: a escolha dos Padrinhos. As vezes não damos a real importância dessa escolha, mas os padrinhos são aqueles que vão se comprometer perante Deus e a Comunidade, de zelar pela fé dessa criança, por toda a vida! É por isso Padrinho precisa ser exemplo de fé e de vivência no evangelho. E alguns pontos precisam ser observados para essa escolha:

  • É importante ser alguém próximo da família, para acompanhar o crescimento da criança, e o amadurecimento na fé; 
  • Tem que ser católico. Pois vai se comprometer a acompanhar o crescimento da fé dessa criança dentro da Igreja Católica. Ele precisa ser "parte" dessa fé para poder manter sua promessa;
  • Tem que ser um homem e uma mulher, mas não precisam ser casados - Já fui a batizados em que o padrinho era o irmão/amigo do pai e a madrinha era a irmã/amiga da mãe, sem vínculos entre eles; pode também ser um casal de namorados (minha primeira afilhada foi batizada quando eu e meu marido ainda éramos namorados);
  • Se for um casal casado, precisa ter recebido o sacramento da Igreja Católica, pelo motivo de ser exemplo de vivência na fé Católica;
A fotografia pertence à argentina Raquel Gatti


Além do casal padrinho de batismo, alguns pais escolhem outro casal para o momento de Consagração da criança a Nossa Senhora, que será chamado de Padrinhos de Consagração. Os padrinhos de Consagração não têm o "peso" dos padrinhos de batismo, ou seja, eles não precisam fazer antecipadamente Curso de Batismo, e não fazem a promessa de acompanhar as crianças na fé, mas deve ser um casal que ame a Nossa Senhora e que de coração, queira acompanhar, junto aos Pais e Padrinhos de Batismo, a fé dessa criança. A escolha do segundo casal não é obrigatória, os Padrinhos de Batismo podem ser também de consagração. 



Antigamente, entendia-se que os Padrinhos de Batismo eram aqueles que iriam "criar" a criança na falta dos pais, ou que proveriam os "presentes caros" nos aniversários, por isso, muitos escolhiam o chefe, o fazendeiro da região, o casal mais rico da família. Hoje, sabemos que essa não é a função dos padrinhos, mas a de estar em oração diária por seu afilhado e acompanhar seu crescimento, seu desenvolvimento e ajudar os pais na educação cristã e Católica dessa criança. 

A escolha dos padrinhos deve ser feita com amor e responsabilidade, porque é uma escolha para a vida toda! 





Daniela Zanatto 


Atenção este assunto é apenas pra quem professa da mesma fé, respeite para ser respeitado.




Tecnologia do Blogger.